sexta-feira, 30 de março de 2012

INIMIGOS DE CLASSE

INIMIGOS DE CLASSE
Sala Álvaro Moreyra

30 e 31 de março, 1º de abril

sexta e sábado Às 21h, domingo às 20h


O espetáculo é focado na falência do sistema educacional em relação ao complexo universo dos alunos marginalizados da escola pública. Realista, aposta suas fichas na construção dos personagens, todos alunos de periferia, seus códigos de comportamento, suas dificuldades de integração com o grupo. A verossimilhança com adolescentes contemporâneos é proposital e necessária, para que os discursos dos alunos não sejam exercícios de literatura e sim linguagem de uma classe estigmatizada e com problemas.

“Abandonados na sala de uma decadente escola periférica, os alunos de Inimigos de Classe não são nem mocinhos nem bandidos. A esperança e o desespero aparecem em todos os personagens. Não há solução a curto prazo, não há medidas eficientes e reguladoras.Todos eles sabem que o mundo é uma surpresa que dói, e que com o tempo só dói; todos remexem perigosamente o risco da situação que estão vivendo”, afirma Luciano Alabarse. “Para eles, o risco consiste em assumir suas próprias responsabilidades quando faltam alternativas externas para um futuro melhor. Nesse sentido, no mundo globalizado do século XXI, a ação da peça pode acontecer em Porto Alegre, Berlim ou qualquer outra cidade onde impera nossa capenga democracia solidária e sua deturpada lógica de benesses igualitárias”, complementa o diretor.

Direção Luciano Alabarse
Elenco Marcelo Adams, Denis Gosch, Eduardo Steinmetz, Fabrízio Gorziza, Gustavo Sussin, Fernando Zugno, Marcelo Crawshaw, Mauro Soares
Preparação corporal Margarida Leoni Peixoto
Cenário Luciano Alabarse
Figurinos Daniel Lion
Iluminação João Fraga e Maurício Moura

Um comentário: